Sirlei Dranka Palu e José Augusto Palu

PROJETO: Valorizando Mandirituba

RUAS: Sirlei Dranka Palu e José Augusto Palú

Turma: Oficina de Arte – 4 e 5 anos

Professora: Daniele Piekarski Claudino (era vizinha e criou-se junto com Sirlei em Fazenda Rio Grande)

 

HISTÓRICO DE SIRLEI DRANKA PALU e  JOSÉ AUGUSTO PALU

Texto de Dani  Piekarski baseado na

Entrevista realizada pela Professora de Arte Daniele Piekarski Claudino, com os Alunos dos 4 e 5 anos na Oficina de Arte e Experiências Artísticas da Escola Municipal Bom Jesus.

Entrevistada: Danusia Dranka Grings irmã mais velha e Solange Dranka Moro irmã mais nova

 

As ruas Sirlei Dranka Palu e a José Agusto Palu estão localizadas na localidade de Queimados em Mandirituba Paraná.

Sirlei Dranka Palu era uma linda jovem casada com José Augusto Palu, conhecido por Guto Palu.

Ela era moradora e filha de tradicional e conhecida família de Fazenda Rio Grande, mas veio estudar aqui em Mandirituba, pois só aqui tinha o segundo grau (como era chamado o ensino médio na época). Guto quando viu a jovem pela primeira vez no colégio Joaquim de Oliveira Franco, ficou encantado e disse aos amigos que iria se casar com ela. E realmente foi o que fez. Os dois se apaionaram e tiveram uma filha, a pequena e bela Bruna.

Sirlei nasceu em 29 de dezembro de 1968, foi professora na antiga Escola Santa Fé em Fazenda Rio Grande e também na ABAI em Mandirituba, sempre gostou muito de crianças. “Sirlei é o anjo da ABAI”, fala Danusia com os olhos cheios de lágrimas, lembrando de como a Mariane Spiller, da entidade se refere a ela.

José Augusto Palu, o Guto, era filho de tradicional família de Mandirituba, nasceu em 06 de fevereiro de 1967.

Bruna nasceu em 29 de junho de 1986.

Os três faleceram em um acidente na BR 116, no dia 08 de agosto de 1991. Foi uma tragédia na cidade, toda a comunidade comovida veio no velório deles, Sirlei tinha 22 anos, Guto 24 e a pequena Bruna 5. Foram velados na APMI e o povo foi a pé até o cemitério carregando o caixão pelas ruas.

As duas ruas estão  no mesmo bairro e forma-se uma cruz no encontro delas, bem em frente a igreja, mostrando que o casal permanece unido até hoje, uma bela história de amor.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support